æTudo sobre SandboardAtletas do Sandboard nacional dão show no Desafio Slopestyle de Snowboard

José Willame de Oliveira e Esdras Tikim deram show no evento, que contou com 150 toneladas de gelo picado

Os dois principais atletas brasileiros do sandboard (modalidade praticada com uma prancha em areias ou dunas) participaram da oitava edição do Desafio Brasileiro Senseo de Snowboard SlopeStyle no último sábado (09/07) e deram um show de ousadia e belas manobras.

O evento, que aconteceu no Ski Mountain Park em São Roque, reuniu mais de 40 atletas profissionais e amadores do snowboard e também de outros esportes de neve. E dessa vez, o campeão da disputa veio da areia. Quem subiu no lugar mais alto do pódio da categoria Open (aberta a atletas amadores) foi cearense José Willame de Oliveira, de 25 anos de idade e 10 de sandboard.

Em uma pista de 200 metros de comprimento e coberta com 150 toneladas de gelo, o atleta mostrou intimidade com a prancha de snowboard, mesmo sem nunca ter tido alguma experiência anterior. E garantiu que ainda pode melhorar sua performance na neve.

“Eu nunca tinha praticado snowboard no gelo e nem mesmo na neve. Mas apesar das diferenças que existem entre o sandboard e o snow, eu acredito que tenho boas chances caso um dia dispute um campeonato profissional de Slopestyle, como o Brasileiro, que acontece no Chile. Mas para isso tenho que me preparar na neve”, revelou o confiante atleta.

Quem também deu um show à parte no Desafio, que teve a chancela da Confederação Brasileira de Desportos na Neve, foi Esdras Luis Rocha Cavalcante, o Tikim. Dono de inúmeros títulos em competições de sandboard, o jovem cearense mostrou mais uma vez que tem muita habilidade também nesse esporte de inverno e garantiu o terceiro lugar na mesma categoria, a Open.

O slopestyle integra a área de Freestyle (ou estilo livre) do snowboard que abrange as disciplinas mais radicais da modalidade e é praticado em pista com obstáculos, rampas de salto, caixotes, mesas, trilhos, corrimãos e escadas. Nas competições, vence quem desenvolver as melhores manobras avaliadas de acordo com o nível de dificuldade, altura, e aterrissagem.

De acordo com Pedro Cavazzoni, superintendente técnico da CBDN – Confederação Brasileira de Desportos na Neve – uma competição como essa realizada em São Roque tem como objetivo fomentar o esporte e claro, identificar novos talentos.

“O Ski Mountain Park tem sido um parceiro muito importante no desenvolvimento dos esportes de neve no Brasil, e em especial do Snowboard. O Desafio de Slopestyle nos proporciona uma oportunidade ímpar para a detecção de novos talentos além de possibilitar o primeiro contato com a neve para novos praticantes e atletas de outros boardsports.”

Nesse ano, foram premiados os três melhores atletas nas categorias Open, Expert, Master e Feminino.

Entre as mulheres, a carioca Raquel Iendrick garantiu o bicampeonato, deixando Renata Desidério em segundo e Shaiani Gyrão em terceiro. Na categoria Master, Rômulo Alvarenga ocupou o local mais alto do pódio, seguido por Eduardo Cesconetto e Zé Canonero.

Na categoria Open, aberta a todos os amantes do esporte e também dos esportes de prancha em geral, foi o renomado atleta de sandboard José Williame de Oliveira quem garantiu o primeiro lugar. O cearense deixou Thiago Correa Martins e Esdras Luis Rocha Cavalcante com o segundo e terceiro lugar respectivamente.

Pra fechar a competição os habilidosos Fabio Abreu, Andre Cywinski e Gustavo Bauer conquistaram as melhores colocações na categoria Expert, a principal da oitava edição do Desafio Slopestyle de Snowboard.

Este ano, a competição teve o patrocínio do café Senseo e apoio das marcas …Lost, Red Bull e Terrano.
Crédito das fotos: Leandro Korolkovas