æTudo sobre SurfSuper Surf Internacional na Barra da Tijuca

As previsões se confirmaram e o SuperSurf Internacional começou em boas ondas de 3-5 pés na Barra da Tijuca. A terça-feira (12/10) amanheceu com sol e céu azul, mas o vento sudoeste deixou o clima um pouco frio na praia.

A primeira bateria do dia foi iniciada as 8h15 com o carioca Pedro Henrique conquistando a primeira vitória da semana decisiva para dois títulos, o de campeão sul-americano do ASP South America Star Series 2010 e o do SuperSurf 2010, que vale um Peugeot zerinho para o melhor surfista nas suas quatro etapas.

O vento sudoeste finalmente parou na capital carioca, deixando o mar liso e com boas ondas de 2-4 pés no 2º dia do decisivo SuperSurf Internacional na Barra da Tijuca. Na quarta-feira (13/10) rolam as vinte das 24 baterias da rodada dos cabeças de chave.

O número 1, Neco Padaratz, entra na primeira bateria do dia com o baiano Dennis Tihara, o carioca Pedro Henrique e o cearense Dunga Neto. Dennis e Pedrinho estavam na briga pelo Peugeot zerinho oferecido pela Editora Abril para o melhor surfista nas quatro etapas do SuperSurf Internacional, mais quem levou o Peugeot foi o líder do ranking, Caetano Vargas.

O paranaense ficou com o Peugeot de melhor surfista do SuperSurf Internacional 2010. O título foi confirmado com a derrota de Bernardo Pigmeu para Odirlei Coutinho na Barra da Tijuca. Pedro Henrique já havia perdido para Ulisses Meira e o paranaense foi o campeão do SuperSurf 2010. Nenhum dos dezenove surfistas que chegaram no Rio de Janeiro com chances de ganhar o carro, conseguiu superar os 1.860 pontos de Caetano Vargas, que nem foi para a praia na sexta-feira.

“Pois é, fiquei esperando até as últimas ali, tentando segurar a prioridade, não consegui achar a onda, quer dizer, até achei, mas ela não tinha tanto potencial, mas é isso ai. Em competição, todo mundo está sujeito a ganhar ou perder. Parabéns ao Caetano (Vargas) que ganhou o carro, ele parece ser gente boa pra caramba, então fico feliz por ele”, falou Bernardo Pigmeu, após a derrota para Odirlei Coutinho.

Já a decisão do título sul-americano ficou para o último dia do SuperSurf, que termina neste sábado na Barra da Tijuca. O líder do ranking, Raoni Monteiro, parou em Yuri Sodré no duelo carioca das oitavas de final, mas continua na frente do catarinense Willian Cardoso, que só fatura os 5.000 dólares de campeão do ASP South America Star Series 2010 se chegar na grande final neste sábado.

(fonte:SUPERSURF)